domingo, 3 de fevereiro de 2008

Festa

Hoje, caros leitores, festejamos.
E festejamos porque queremos festejar, não porque alguém disse um dia que se iria festejar.
E festejamos, caros leitores, porque temos um motivo para festejar.
E, caros leitores, que para um motivo nos motivar, é porque é um grande motivo.
Se não, não nos motivava.
E não festejamos por ser carnaval, ou por termos umas férias do tamanho da esmola que oferecemos ao gajo que está no LIDL, festejamos sim, porque, ontem, às 23H03min, alguém gastou tempo e espaço, electricidade e criatividade, bitaites e Kbs, a escrever sobre este espaço que, até agora, julgavamos morto para a sociedade.
Mas é mentira.
E, caros leitores, é mentira na medida em que, ao escreverem a dizer mal de nós, estão a admitir a nossa influência na vida das pessoas, e por consequinte, na sociedade.
Isto não acontece por acaso, caros leitores, e por não acontecer por acaso é que me vanglorio.
Acontece graças ao esforço e dedicação oferecida pelos colaboradores.
O esforço de dizer mal daquilo que até está bem.
O esforço de, quando não se tem tema para falar, falarmos da teoria da relatividade do Einstein.
O esforço de sabermos inserir erros ortográficos em locais estratégicos só para tornar o texto mais apelativo.
Termino com uma palavra para aqueles que motivaram toda esta atmosfera que há muito se hjavia perdido e fizeram com que eu tivesse algo mais para escrever aqui, obrigado.
Obrigado http://www.passemosacs.blogspot.com/, cá dentro.
já podem por josé malhoa .

5 comentários:

L Grilo disse...

Ó FAR, olha que o Passemos não é assim tão notório como o vês. Acho que festejar e vangloriares-te é esticar a corda. No entanto, também não é assim tão mau para aqui estar referido, ainda por cima de modo destacado!

(Espera lá, que "gajo" é que está no LIDL? O da caixa? Ó chefe, essa actividade tem um nome. É o "Gajo-Que-Trabalha-Na-Caixa-Do-LIDL"!)

Depois, há uma parte do texto sobre a qual não posso fazer nenhuma piadola, pois há palavras de estreito relacionamento com campos que não domino (prometo que passarei a frequentar mais mercados e feiras). Com efeito, "bitaites" "Kbs" e "criatividade" são, julgo eu, palavras que a malta desta página usa como muleta, de modo prático, quando disseca assuntos tão vagos como a política socialista, os problemas sociais/monetários da população ou até esse tema vago e pouco coeso que é o baixo poder de compra da população.
E como é preciso criatividade para todos eles…

Os "erros ortográficos que tornam os meus textos mais apelativos"...? Ora, podia-me justificar neste altar de correcta ortografia e gramática como sendo falta de cuidado, de paciência ou só carência de interesse, mas claro que o perspicaz FAR saberia que eu estava a aldrabar. Sim, senhor. Os "erros ortográficos" são consequência da minha estupidez e ignorância. Vai na volta, ficam muito mais bonitos assim os meus pensamentos e devaneios.

Influência? Causam, sim. Mas não são vocês que causam o que quer que seja. É mais a estupidez destas teses aqui defendidas. Se bem que com um casaco à James Brown e uns passos de dança à Emir Kusturica quem as escreve também seja capaz de influenciar... alguma coisa, ou assim.

Espero que Einstein seja uma RockStar belga, senão não quero saber. A “Teoria da Relatividade” é Rap certamente.

A piada do José Malhoa, nem quero saber. Em termos musicais, dei a ouvir Jill Scott, John Mayer, Marcelo D2 e até Carlos do Carmo no blog. Não sei se entendes o que quero dizer.

Obrigado e agora "aperta, aperta com ela atrás da Igreja".

someone disse...

GRilo:

"É mais a estupidez destas teses aqui defendidas."

???

Estupidas??Na minha opiniao, q n é de ter em conta cm a sua visto que o meu leque d conhecimentos, n é de perto nem de longe, alargado como o seu, n vejo onde sejam estupidas.
Na minha simples e humilde opinião, q cm ja disse n se deve ter em conta, pq n sou leitora assidua do "Passemos" o q para si deve representar uma falta de bom-senso tremenda, os textos deste blog, barba de milho, sao bastante bons.Sinceramente, melhores q os seus...

"há uma parte do texto sobre a qual não posso fazer nenhuma piadola, pois há palavras de estreito relacionamento com campos que não domino (prometo que passarei a frequentar mais mercados e feiras)." Realmente, calculo q lhe falte ver mercados e feiras, a realidade(será q desconhce tb esta palavra?),n se resume ao tempo q desperdiçamos emfrente dum monitor ate a querida DªAurora, a empregada, nos chamar pra almoçar, ou entre as aulas de canto! Falta-lhe ver muita coisa! E pode sim começar pelos mercados e feiras...começaria a crescer, e a compreender melhor(ou somente a compreender) a situação em q vivemos, e q é defendida por humildes"agricultores" nas suas teses estupidas. Assim, na visita ao mercado, iria adquirir vocabulario ao seu leque de palavras complexas..

"perspicaz FAR saberia que eu estava a aldrabar." 1ªcoisa em q concordo com o sr. O FAR é perspicaz!

"Os "erros ortográficos" são consequência da minha estupidez e ignorância." Talvez, quem sabe.

Campistas, continuem, pode ser q as vossas (supostas) teses estupidas, sirvam pra ensinar alguma coisa a certas e determindas pessoas.

234 disse...

não sei quem escreveu este comentario... mas someone sabe escrever muito bem

Someone disse...

Obrigada 234.

Escrever bem é escrever certo!

E aquilo que eu disse, foi mais q certo!!

Força campistas!!

[e parabens pelo blog...;])

Marquites disse...

Caro FAR
A tua leviana teoria cai por terra quando comparada com exemplos como é o de camões, que n se tornou um grande escritor por ter feito uma catrefada de poemas.

Far, meu amigo, n te tomo por incompetente que tenta enganar o professor usando grandes palavrões e textos maçudos. Espero sinceramente que esta minha ideia n esteja errada.