quarta-feira, 28 de maio de 2008

branco

O que dirá uma página em branco?
Será suficiente para o que queremos tanto?
A criatividade espreita
Pelo buraco mais pequeno.
A sua malvadez deleita
Até o ser mais sereno.
Branco.
Oportunidade.
Cor incolor.
Podemos ser melhores,
Podemos ser piores,
Mas partímos todos do branco.
Cor do que não há
Cor do que irá.
Todos podemos ser Camões
Ou uns grandes lambões
Com uma folha em branco.

2 comentários:

Verinhaa disse...

So estou a comentar porqe os textos sao seus.:D
Qe ainda e' a unica pessoa qe se preocupa com a sobrevivencia deste blog!

Someone disse...

Nós somos folhas em branco. Nascemos do céu.
Aquilo que em que nos tornamos foi pintado, impresso, amaciado por muitos seres. Familiares, amigos, colegas, conhecidos e inimigos.

Todos nos pintam e nos fazem ser quem somos.

Somos uma folha branca, cheia de letras que nós mesmos escrevemos, que nós mesmos ditámos.

Somos folhas, que voam com o vento, que amarelecem com o tempo. Folhas que nascem e morrem com cores diferentes.

E tu, és uma folha colorida, pintada de magia e dom. Pintada de harmonia, critica, suspiros, talentos, emoçoes, afectos. Tu és a primeira folha de um livro que falta escrever e que muita gente precisa de ler.

Adorei o texto. Breve e bonito.

Sabes o que dizes' *