sexta-feira, 26 de outubro de 2007

let's do something

Por vezes pessoas normalíssimas como todos nós dizem que não lhes apetece fazer nada, é uma preguiça! Então e quando está calor? Ui! Ainda pior! O problema é que este estado não é eterno… há de haver um dia em que nos vai apetecer fazer mais do que aquilo que fizemos, ou aquilo que, provavelmente, algum dia conseguiram fazer.
E então ouvimos as pessoas a dizer: “quem me dera ter 18 anos e saber o que sei hoje”.
Talvez estas pessoas não saibam assim tanto. Se não saberiam que cada e qualquer um pode ter 18 anos, basta que tenham tudo o que tem uma pessoa dessa idade: estupidez, vontade de desobedecer aos pais, liberdade, pouco dinheiro e fundamentalmente o mais importante… sangue nas guelras.
Ora aqui é que reside o fundo da questão. É que cortar os pulsos é coisa para qualquer um fazer, mas fazer sangue nas guelras é lixado.
Mas tudo isto é natural. Tão natural como o numero de vezes que se está aflito ser maior quando nos aproximamos dos extremos (bebés e idosos).
Por isso, nós todos temos que começar a fazer qualquer coisa que não seja comer e jogar à bola (não falo de dormir porque nisso os putos ultrapassam à larga). Assim quando estivermos no corredor da morte ou para ser atropelados por um camião pensemos no que gostaríamos de ter feito e a resposta seja…

1 comentário:

Verinha disse...

Hum.. Gostei!
Deu.Me a preguiça nao me apetece escrever mais!

BeijO para si que e' a unica pessoa que ainda escreve no blog!*