sexta-feira, 27 de junho de 2008

Ressuscitou

Já que está na moda pegarmos nos assuntos uns dos outros, também eu pego, hoje, num tema lançado por Júlio Tendeiro. (piloto de karts por ocupação, e cujo nome aparece referenciado num artigo dum jornal on-line da região, ou seja, temos gajo famoso cá no blog!!!!)


O tema é a infância. Há muito tempo que queria fazer um texto sobre o tema, mas a coragem fugia-me por entre os dedos. Isto, porque a minha infância não foi nada feliz. Infância não! A minha estadia na escola primária e ciclo. Repare-se se não numa coisa: eu era gordo, rechonchudo, fortito vá… e o meu apelido era Rato, era e é.


Ora, eu era o sonho para qualquer rapaz malvado que tivesse como hobbie gozar com os outros, logo eu era sempre o crucificado, menos por aqueles que também costumavam ser crucificados.


Para me defender das justas injustiças, criei o quê? Um mecanismo de defesa… (originalidade) e agora sou eu que crucifico-me a mim mesmo no quarto, sozinho, no escuro, à noite, não dando espaço para que mais ninguém me crucifique.

2 comentários:

Verinha disse...

Hum... Um texto simples mas engraçado. Fez referência ao meu qerido namorado o qe eu acho errado porqe ele ja e' o suficientemente convencido se começam a falar muito dele...
E mais uma vez fui a 1ª a comentar. Isso nao da' direito a uma medalha? Pode nao ser uma medalha mas pelo menos um texto vindo de cada um de voces.
BeijiinhO*

guilherme disse...

ó men não digas ao paulo ok.

este vai ser um protótipo de um blogg, nao atrufies com os textos
porke sao alta caca